Notícias

DECIDIDO hoje (03): Ação COMUM bloqueia o seu Bolsa Família e você deve evitar realizando esses 3 passos fáceis


Bolsa Família bloqueado (Foto: Reprodução/ Na Hora da Notícia)

O Bolsa Família, um dos programas mais significativos do Brasil, foi estabelecido em 2023 pelo Governo Federal como uma medida de combate à desigualdade social e à pobreza no país. Através dele, milhões de famílias em vulnerabilidade recebem apoio e são incentivadas a acessar serviços essenciais de saúde e educação, especialmente para crianças. No entanto, alguns beneficiários enfrentam bloqueios e precisam regularizar sua situação para não perderem os saques.

Duas ações comuns podem resultar no bloqueio do Bolsa Família: ter uma renda per capita acima do limite permitido pelo programa ou manter dados cadastrais desatualizados. É crucial estar ciente dos termos do programa. Informações da Revista dos Benefícios.

Proibição chocante: Marca popular de açúcar é barrada pela Anvisa após flagra de fezes e pelo de ratos (aaronturatv.com.br)

Para receber o saque do Bolsa Família, a renda per capita deve ser inferior a R$ 218 mensais. Cumprindo esse requisito, os membros da família devem ser registrados corretamente no Cadastro Único, mantendo sempre as informações atualizadas.

Bolsa Família em junho

Além disso, o programa exige que famílias com crianças garantam uma frequência escolar mínima de 60% e a vacinação em dia. O não cumprimento dessas exigências resulta na perda do saque, portanto, é essencial manter todas as informações atualizadas.

Veja também

Álvaro Pacheco assume fracasso após derrota humilhante do Vasco contra o Flamengo: “Sou responsável” (aaronturatv.com.br)

Em caso de bloqueio, dirija-se ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo para atualizar seus dados e retomar o saque do Bolsa Família.

Cidade do Rio Grande do Sul que passou por calamidade pública; 531 cidades terão direito a saque antecipado do benefício (Foto: Reprodução/ Lauro Alves/ Ag. RBS)
Cidade do Rio Grande do Sul que passou por calamidade pública; 531 cidades terão direito a saque antecipado do benefício (Foto: Reprodução/ Lauro Alves/ Ag. RBS)

A partir de junho, todos os beneficiários do Bolsa Família passam a receber um valor mensal de R$ 600. Além disso, haverá um pagamento adicional do Auxílio-Gás no valor de R$ 102,00 em junho, correspondente ao preço de um botijão de gás de 13 kg.

Fusão com gigante frustrada e falência: Adeus de varejista rival da Casas Bahia após 30 anos (aaronturatv.com.br)

É possível também receber benefícios adicionais. Veja a lista completa dos pagamentos:

Parcela Regular: Valor base de R$ 600, ajustável de acordo com a quantidade de membros da família.
Benefício Primeira Infância: Adicional de R$ 150 para famílias com crianças até 6 anos.
Benefício Variável Familiar: Adicional de R$ 50 por criança ou adolescente entre 7 e 18 anos, gestantes e nutrizes.
Auxílio-Gás: Adicional de R$ 110, valor recomendado para a compra de um botijão de gás de 13 kg.

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo Aaron Tura Tv

Aaron Tura

💬 Jornalista | Colunista @ATardeESua @TVFOCOoficial @oficialSUPERPOP

@aarontura

SEGUIR AGORA

Olá, sou um jornalista freelancer apaixonado por contar histórias e transmitir informações de forma clara e objetiva. Com vasta experiência em diversas áreas, desde esportes até tecnologia e cultura, busco sempre trazer um olhar único e envolvente aos meus trabalhos. Minha versatilidade e comprometimento com a qualidade jornalística me permitem entregar conteúdos que atendam às necessidades do site de maneira ágil e precisa.