Notícias

NOTÍCIA IMPORTANTE! Idosos acima de 60 anos aposentados pelo INSS são pegos de surpresa com comunicado


Aposentados pelo INSS se chocam com comunicado importante! Foto: Reprodução

A aposentadoria do INSS se trata de uma medida essencial na vida dos trabalhadores, e com as atuais transformações nas regras previdenciárias no Brasil, é crucial que os idosos acima de 60 anos e também os jovens e adultos estejam conscientes sobre as novidades que passarão a entrar em vigor no ano de 2024.

Aposentados pelo INSS se chocam com comunicado importante!
Aposentados pelo INSS se chocam com comunicado importante! Foto: Reprodução

Simone Tebet anuncia ‘PENTE FINO’ no INSS e beneficiários do BPC e aposentadorias estão no RADAR HOJE (31) 

A reforma da Previdência de 2019 implementou mudanças significativas nas regras de aposentadoria, que passarão a ser implementadas gradativamente a partir deste ano. De acordo com as novas normas, as mulheres poderão se aposentar aos 62 anos, com um mínimo de 15 anos de contribuição. No entanto, os homens poderão receber esse benefício apenas aos 65 anos de idade, comprovando 20 anos de contribuição.

Porém, essas regras gerais só são aplicadas para os trabalhadores que passaram a contribuir para o INSS depois de 2019 ou aos que apenas se aposentarão depois do ano de 2031. Já para os trabalhadores que contribuíram antes da mudança, um modo de transição foi promovido, gerando alterações graduais a cada ano até 2031.

Inclusive, outra mudança importante é a “Regra de Pontuação”, que soma a idade do trabalhador com o tempo de contribuição que foi cumprido. Em 2024, a pontuação mínima requerida será de 91 pontos para as mulheres e 101 para os homens. Vale ressaltar que essa pontuação aumentará de modo gradual todos os anos, segundo o regime de transição.

Veja também

Além da Regra de Pontuação, as medidas de aposentadoria por idade e por tempo de contribuição também passaram por transformações relevantes. Para a aposentadoria que vale pela idade, a idade mínima é de 65 anos para os homens e 62 para as mulheres, desde que possuam pelo menos 15 anos de contribuição.

A seguir, te mostraremos as 5 regras de transição específicas para os proletariados que já contribuíram para o INSS antes das reformas mencionadas anteriormente. Vale ressaltar que essas regras mudam tanto o valor do benefício quanto o momento em que ele entrará em vigor:

Aposentados pelo INSS se chocam com comunicado importante!
Aposentados pelo INSS se chocam com comunicado importante! Foto: Reprodução

Mudança no INSS: Nova idade mínima estabelecida para antecipação das aposentadorias; veja agora

  1. Idade Mínima + Tempo de Contribuição: A idade mínima para aposentadoria aumenta seis meses a cada ano, até chegar aos 62 anos de idade para as mulheres e 65 para os homens, em 2031. Já o tempo mínimo de contribuição aumenta, chegando a 30 anos para as mulheres e 35 anos para os homens.
  2. Aposentadoria por Idade: A idade mínima permanece sendo 65 anos para homens e 62 para mulheres, contanto que contenham 15 anos de contribuição.
  3. Pedágio de 50%: A regra se aplica para os trabalhadores que estavam próximos do período da aposentadoria no ano de 2019. Eles precisarão cumprir um “pedágio” de 50% do tempo de contribuição que faltou antes da mudança.
  4. Pedágio de 100%: O trabalhador precisará cumprir totalmente o tempo de contribuição pendente para conseguir se aposentar.
  5. Regra dos Pontos: Por fim, parecida com a Regra de Pontuação, essa medida soma a idade do proletariado com o seu tempo de contribuição. A pontuação mínima é de 91 pontos para mulheres e 101 para homens, tendo um aumento gradativo durante os próximos anos.

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo Aaron Tura Tv

Aaron Tura

💬 Jornalista | Colunista @ATardeESua @TVFOCOoficial @oficialSUPERPOP

@aarontura

SEGUIR AGORA

Tenho 23 anos e estou cursando o último semestre de Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Minha maior paixão, desde sempre, foi a escrita, e usar o Jornalismo para tocar a vida das pessoas.