Notícias

Conta de luz vai abaixar no Brasil? Saiba a verdade e pode se preparar


Isenção na conta de luz: veja como solicitar o benefício do Governo (Foto: Reprodução)

O preço da conta de luz é estabelecido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) no Brasil, e os montantes devem ser desembolsados pelos consumidores finais do serviço. As tarifas podem ser calculadas de duas formas: via uma companhia distribuidora ou por meio de uma empresa transmissora.

Por sua vez, a Aneel atua como uma entidade autárquica sob um regime especial, operando em colaboração com o Ministério de Minas e Energia, com sua sede no Distrito Federal. Seu objetivo principal consiste em supervisionar e normatizar a transmissão, geração e distribuição de energia elétrica por todo o território nacional.

Recentemente, a Aneel comunicou uma inovação que pode ser bem-recebida pelos cidadãos do país, visto que existe a chance de a conta de luz se tornar mais acessível. Portanto, confira abaixo o quanto pode ser reduzido nas faturas finais dos consumidores brasileiros de eletricidade!

Em breve, os consumidores de energia elétrica de todo o país podem experimentar um significativo alívio financeiro. Isso ocorre devido à medida proeminente adotada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) com o propósito de reduzir os custos das contas de luz no país, aproveitando a estabilidade na oferta de eletricidade.

Seria o fim? Subway está prestes a ser vendido e deixa os amantes preocupados com seu futuro; Entenda

Veja também

Ainda sobre a Conta de Luz

Conta de luz teve alteração e pega todos desprevenidos (Reprodução/Internet)
Conta de luz teve alteração e pega todos desprevenidos (Reprodução/Internet)

Desde abril do ano passado, a bandeira tarifária permaneceu verde, o que significa que os consumidores não tiveram nenhum acréscimo no valor final de suas tarifas de energia elétrica. Esse cenário positivo decorre do fato de as hidrelétricas estarem operando em níveis confortáveis e da expansão da geração de energia renovável, incluindo a eólica e a solar, em território nacional.

Além disso, sobre a conta de luz, os preços internacionais dos combustíveis fósseis, tais como gás natural e carvão, usados em termelétricas, também decresceram em comparação ao último ano. Baseando-se nesses fatores, a Aneel está propondo uma diminuição de até 36,9% nos encargos adicionais cobrados em situações de escassez de energia e bandeiras tarifárias. A medida visa primordialmente reduzir o impacto da conta de luz no orçamento dos consumidores brasileiros.

Na terça-feira passada (22), a Aneel deu o primeiro passo para abrir uma consulta pública acerca desse assunto, permitindo que os interessados participem e contribuam para a formulação de uma solução benéfica a todos.

Os detalhes referentes à proposta da Aneel são animadores. No momento, a bandeira amarela, que acarreta um custo adicional de R$ 2,989 a cada 100 kWh consumidos, poderá ser reduzida para R$ 1,885, representando uma queda de 36,9%. A bandeira vermelha, tanto no patamar 1 quanto no patamar 2, também terá as taxas reduzidas, indo de R$ 6,50 para R$ 4,464 e de R$ 9,795 para R$ 7,877, respectivamente.

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo Aaron Tura Tv

Aaron Tura

💬 Jornalista | Colunista @ATardeESua @TVFOCOoficial @oficialSUPERPOP

@aarontura

SEGUIR AGORA

Olá, sou um jornalista freelancer apaixonado por contar histórias e transmitir informações de forma clara e objetiva. Com vasta experiência em diversas áreas, desde esportes até tecnologia e cultura, busco sempre trazer um olhar único e envolvente aos meus trabalhos. Minha versatilidade e comprometimento com a qualidade jornalística me permitem entregar conteúdos que atendam às necessidades do site de maneira ágil e precisa.