Esporte

Vasco é acionado na Justiça por Daniel Amorim e atacante cobra quase R$ 300 mil do clube


Daniel Amorim entra na Justiça e cobra quase R$ 300 mil do Vasco (FOTO: THIAGO RIBEIRO/AGIF)

Daniel Amorim Dias da Silva, mais conhecido apenas como Daniel Amorim voltou a ficar entre os assuntos mais comentados do momento nas redes sociais. Isso porque, o jogador de futebol, de 34 anos, que atua como atacante do Tombense, acionou o Vasco na Justiça e cobra quase R$ 300 mil do clube, que atualmente é comandado por Ramón Díaz.

Banco Central faz anúncio importantíssimo sobre dinheiro esquecido e valor choca brasileiros

DANIEL AMORIM ACIONA O VASCO NA JUSTIÇA DO TRABALHO

Fique atento(a): Caixa revela promoção bombástica e exclusiva no cartão de crédito

Para quem não vem acompanhando, o  atleta entrou com um processo contra o Vasco na Justiça do Trabalho. O centroavante cobra do clube uma dívida de R$ 295.231,40. O jogador incluiu na ação tanto o clube associativo quanto a Sociedade Anônima do Futebol (SAF). No time carioca, Daniel Amorim era reserva de Germán Cano, mas deixou boa impressão. Em 22 jogos, geralmente saindo do banco de reservas, marcou quatro gols com a camisa do clube de São Januário.

Messi choca ao confessar publicamente que jogaria em dois clubes de futebol do Brasil

De acordo com a ação que corre na 1ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT-1), o craque cobra as verbas rescisórias, além do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e salários dos últimos dois meses em que esteve no clube.

O famoso jogador de futebol entrou na Justiça contra o clube carioca (Foto: Alisson Frazao/Vasco)
O famoso jogador de futebol entrou na Justiça contra o clube carioca (Foto: Alisson Frazao/Vasco)

Leila Pereira age rápido, dá a volta por cima e Palmeiras ‘rouba’ estrela gigante de rival no futebol

De acordo com o ge, ele entrou com a ação em maio deste ano. Em agosto, a sentença assinada pelo juiz do Trabalho Rafael Pazos Dias considerou improcedente o pedido de incluir a Vasco SAF no processo. Na visão do magistrado, a SAF não responde pelas obrigações do clube ou pessoa jurídica anteriores ou posteriores à data da constituição.

Clima tenso! Renato Augusto é deixado de lado pelo Corinthians e se aproxima de rival número 1

Entretanto, o juiz, acatou o pedido do atacante e a instituição de futebol foi condenada a pagar o saldo de salário de dezembro de 2021, os salários de novembro do mesmo ano, as férias e o terço de férias proporcionais, 13º salário proporcional o FGTS em atraso, além de multas e honorários advocatícios. Mesmo assim, o clube entrou com um pedido de revisão da decisão em setembro. Sendo assim, o juiz acatou o pedido do Vasco para excluir os cálculos da indenização de 40%.

Autor(a):

Prazer, meu nome é Sandra Ribeiro, tenho 25 anos e sou formada em jornalismo. Meu interesse em gerar conteúdo significativo é o que me motiva diariamente, por isso, produzir coisas significativas, que me ajude a aprender e crescer me torna uma pessoa realizada na área que tanto amo. Além de adorar escrever e desenvolver matérias, eu sou apaixonada por marketing digital, assessoria de impresa e quase todas as outras áreas que a comunicação engloba. No entanto, o jornalismo não é o único no meu coração. Por isso, quando não estou trabalhando ou fazendo cursos, você pode ter certeza que estou me aventurando em algum livro novo ou vendo algum filme antigo. Espero que você se sinta mais informado(a) com as notícias que ler por aqui e ficarei contente em te encontrar outras vezes. Até mais 😉