Notícias

Empresa com dívida de R$ 4 bilhões e demissões massivas ressurge após reverter falência


Rede de eletros sofreu falência (Foto: Reprodução/Internet)

Uma empresa enfrentando dívidas de R$ 4 bilhões e demissões em massa consegue um retorno triunfal ao reverter sua falência. Descubra os detalhes desta virada

O setor de varejo é fundamental para a economia brasileira, mas enfrentou desafios significativos nos últimos anos devido à crise econômica. Um exemplo notável dessa situação é o caso da Ricardo Eletro, uma das grandes marcas do varejo no Brasil, que chegou ao ponto de ter sua falência decretada.

+ Não perca sua CNH! Saiba agora quais infrações podem resultar em suspensão do documento

Declínio e falência da Ricardo Eletro

Fundada em 1989 por Ricardo Nunes, a Ricardo Eletro começou focada em eletrodomésticos e, ao longo dos anos, expandiu para outras áreas do varejo. Contudo, a empresa enfrentou graves dificuldades financeiras, culminando na demissão de 28 mil funcionários e no fechamento de mais de 1.200 lojas. Em 2022, a justiça chegou a decretar falência da empresa, uma decisão que foi revertida em instâncias posteriores.

+ Gabigol quebra o silêncio sobre usar camisa do Corinthians e rasga o verbo em desabafo

Durante um período crítico, a empresa permaneceu 45 dias sem realizar vendas. A dívida acumulada junto aos credores, no contexto de recuperação judicial, foi reportada em cerca de R$ 4 bilhões. Estes desafios começaram a se intensificar em 2020, quando a Ricardo Eletro precisou fechar todas as suas unidades para tentar equilibrar suas contas.

Veja também

Loja Ricardo Eletro (Foto: Reprodução/Internet)
Loja Ricardo Eletro (Foto: Reprodução/Internet)

Ressurgimento e Reestruturação

Apesar das adversidades, a Ricardo Eletro vem demonstrando sinais de recuperação. Sob a nova gestão de Pedro Bianchi, originário do fundo Startboard, o Grupo Máquina de Vendas, que detém a marca, tem se concentrado no fortalecimento do e-commerce da empresa. Além disso, a empresa tem trabalhado ativamente na renegociação de suas dívidas.

Ricardo Eletro teve a falência decretada em 2022 (Foto: Reprodução/Internet)
Ricardo Eletro teve a falência decretada em 2022 (Foto: Reprodução/Internet)

Entendendo a diferença entre falência e recuperação judicial

É fundamental entender a distinção entre falência e recuperação judicial. Ambos são mecanismos legais destinados a resolver dívidas empresariais, mas diferem significativamente em seus objetivos e resultados.

Na recuperação judicial, a empresa ganha tempo para restabelecer sua capacidade de gerar lucros, permitindo a continuação de suas operações. Por outro lado, a falência implica o término das atividades do negócio e o fechamento definitivo das portas.

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo Aaron Tura Tv

Aaron Tura

💬 Jornalista | Colunista @ATardeESua @TVFOCOoficial @oficialSUPERPOP

@aarontura

SEGUIR AGORA

Autor(a):

Redator do Aaron Tura TV. Especialista em redação sobre benefícios sociais, finanças e direitos do trabalhador. Escrevo sobre notícias há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.