Notícias

Pare já de cometer estes 7 erros para um emagrecimento saudável


Pare já de cometer estes 7 erros para um emagrecimento saudável Foto: Reprodução

Perder peso geralmente não é nada fácil, principalmente se estamos em processo de emagrecimento em um curto período de tempo. Para algumas pessoas, isso acaba levando até a adquirir dietas restritivas e malucas, que causam um resultado bem diferente do desejado, podendo gerar frustração e desânimo para continuar.

Pare já de cometer estes 7 erros para um emagrecimento saudável
Pare já de cometer estes 7 erros para um emagrecimento saudável Foto: Reprodução

 

Conheça os 11 alimentos que ajudam na saciedade e no emagrecimento

No entanto, para você que está com vontade de escapar disso, a nutróloga Ana Luisa Vilela, especialista em emagrecimento, explica como parar de cometer erros clássicos que acabam atrapalhando a perda de peso.

1 – Restrições alimentares severas

O erro mais comum que as pessoas geralmente cometem quando querem emagrecer, é tirar bruscamente certos alimentos de seu cotidiano. Isso acontece porque tais dietas podem gerar diversos efeitos adversos que vão de compulsões alimentares até alterações no funcionamento da insulina no organismo, se tratando de um hormônio que diminui a quantidade de glicemia no corpo. Nestas situações, inclusive, é muito comum o surgimento da diabetes.

Veja também

Vale ressaltar que, tanto o jejum quanto o fato de comer a cada 3 horas podem ser colocados em uma dieta completamente saudável, já que o que importa é a adaptação da sua rotina e o acompanhamento com um profissional.

Pare já de cometer estes 7 erros para um emagrecimento saudável
Foto: Reprodução

“É importante não ter preconceito e buscar um hábito diário que facilite o dia a dia. Só ajustando a rotina é possível adequar o cardápio correto”, afirma a especialista. Além disso, Ana Luisa também recomenda fazer sempre um lanchinho com alimentos saudáveis e com pouca caloria, antes de ficar com muita fome em certos momentos do dia.

2 – As escolhas boas não tão boas assim

É bom lembrar que, não é porque determinado alimento é pequeno, que o mesmo possua pouca caloria, afirma a profissional. Frutas secas e oleaginosas, por exemplo, devem ser consumidas em quantidades menores, já que são muito calóricas, dificultando o processo de emagrecimento. Inclusive, tais alimentos também promovem pouca saciedade, atrapalhando a dieta.

3 – Priorizar somente frutas cristalizadas, secas e oleaginosas

A nutróloga também explica que esses tipos de alimentos são bastante calóricos e, quando são ingeridos em excesso, acabam gerando o ganho de peso. Se trata de uma “falsa” boa escolha dos pacientes. Com isso, é uma boa opção consumir frutas frescas e inteiras, principalmente se estiver cogitando em tomar apenas o suco delas.

“Geralmente, frutas inteiras são boas fontes de fibra, enquanto sucos de frutas não são. E uma xícara de suco de frutas, mesmo 100% puro, tem muito mais açúcar do que um pedaço ou uma porção de fruta inteira. Além disso, frutas inteiras são mais saciantes”, afirma a médica nutróloga Dra. Marcella Garcez, diretora e professora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).

4 – Optar apenas por alimentos light ou diet

A profissional conta que esses alimentos carregam funções muito específicas. “O diet é um alimento adaptado para diabéticos e, portanto, não necessariamente possuem baixa caloria. O light, possui redução de 25% no teor de alguns nutrientes, não necessariamente calorias, o que pode não favorecer o emagrecimento“, explica ela.

5 – Ingerir apenas alimentos low carb

Alimentos considerados low carb também podem carregar um alto nível de gordura, que acabam gerando o ganho de peso. “Por isso vale observar não só a quantidade de carboidratos, mas também as calorias agregadas em cada produto”, recomenda a profissional.

6 – Escolher alimentos de alto nível glicêmico

As frutas e os sucos são perfeitos exemplos de que, apesar de obter muitas vitaminas e minerais, escolhas mais saudáveis também podem acabar sendo um obstáculo para emagrecer.

“Dê preferência para as frutas com menor índice glicêmico como pera e maçã e as ricas em fibras como ameixa fresca, ameixa seca, amora e cereja fresca, que cabem melhor na dieta”, conta a médica.

Veja os 3 sucos detox que podem te ajudar no processo de emagrecimento e não sofra mais

7 – Eliminar apenas a carne

Por fim, o que muitos pensam que promovem o emagrecimento é eliminar apenas o consumo de carne. “Normalmente, os adeptos de dietas veganas e vegetarianas acabam consumindo mais carboidratos e, consequentemente, aumentam a ingestão calórica”, conclui Ana Luisa.

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo Aaron Tura Tv

Aaron Tura

💬 Jornalista | Colunista @ATardeESua @TVFOCOoficial @oficialSUPERPOP

@aarontura

SEGUIR AGORA

Tenho 23 anos e estou cursando o último semestre de Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Minha maior paixão, desde sempre, foi a escrita, e usar o Jornalismo para tocar a vida das pessoas.